quarta-feira, junho 2

O Milagre Eucarístico


Por Ellen Gobi*

Depois do período pascal você já parou para refletir sobre a eucaristia?

Tem uma música de Diego Fernandes que diz: “como pode alguem dizer que é simbolismo?”

Irmãos precisamos crer no milagre do altar, saber que em cada missa Jesus Cristo nos dá seu Corpo e Sangue.

Todas as vezes que nos ajoelhamos, não é uma representação ou apenas memória a morte de Cristo, mas é o reviver toda angústia e dor do nosso Senhor Jesus.

Recordo-me das palavras ditas pelo sacerdote em todas as celebrações do mundo inteiro:
“na noite em que ia ser entregue ele tomou o pão em suas mãos, deu graças e repartiu”. Cristo se apresenta de maneira generosa, se coloca em postura de doação e suas palavras ditas em rito eucarístico devem ser revividas com intensidade.

Palavras de Cristo:
Tomai todos e comei. Isto é meu corpo que será entregue por vós.(não é simbolismo! Não representa! É o corpo do meu Senhor! Como pode alguém dizer que o milagre no altar é representação?)

Palavras de Cristo:
Tomai todos e bebei. Este é o calice da nova e eterna aliança que será derramado por vós e por todos para a remissão dos pecados. Fazei isto em memória de mim. (Cristo nos salva, e firma uma aliança. Façamos isso em sua memória)

Irmãos o que provoco em vós no dia de hoje não são apenas palavras, mas são gestos concretos que partem do meu coração. A necessidade de adorá-lo em espírito e verdade, que possamos nos prostrar na presença do Deus eucaristico, e ao participar da missa, quando dobramos o joelhos no chão, esqueçamos um pouco do "eu". Reviva com Cristo toda a história de salvação!

Que o Sangue derramado do Senhor seja para nós salvação! Eis um novo tempo em Deus!

Na fraternura que nos une, desejo a todos um maravilhoso final de semana. Nos encontramos na eucaristia!
Ellen Gobi
*Ellen Gobi é graduanda do curso de Pedagogia da Universidade Federal do Tocantins e coordenadora do Grupo de Oração Universitário Sintonia-Noturno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário